Como fica o setor de aço em 2020 com a pandemia

25 julho 2020

Todos se perguntam, assustados, como ficará a situação do setor de aço em 2020 no Brasil durante a pandemia do COVID-19 e, também, após seu termino. O fato é que para ter um panorama geral da situação é preciso analisar o quadro geral e não, somente, a situação do nosso país.

aço em 2020

Acontece que quando se trata de uma pandemia de grandes proporções, como a que estamos vivenciando no momento, o mundo inteiro sofre economicamente e isso também reflete em nosso país.

Para se preparar para o que está acontecendo, preparamos um artigo completo sobre o assunto, detalhando como está a situação no momento, como será após a crise e, é claro, fornecendo dicas para que nosso público alvo continue operando sem sofrer exageradamente.

O que esperar durante a crise

É preciso salientar, de antemão, que a crise já está batendo nas portas das grandes industrias siderúrgicas e, consequentemente, isso cria uma cadeia de reações que vai atingir o consumidor final.

Abaixo segue alguns efeitos da crise que já estão acontecendo:

  • Diminuição das atividades comerciais

A diminuição das atividades comerciais é algo previsível e foi, sem sombra de dúvida, a primeira consequência da crise.

Isso aconteceu muito rápido devido a redução do poder aquisitivo do cliente final, ou seja, falta de procura.

  • Dificuldade na logística

Qualquer pessoa que trabalhe com aço, até mesmo empreendedores que possuem pequenas serralherias, sabem que é preciso ter um sistema de logística eficaz para atender aos clientes.

Devido à crise a logística de materiais foi comprometida e está operando de forma reduzida, o que interfere diretamente no setor operacional de pequenas empresas.

  • Problemas de atendimento ao público

Com as regras estipuladas durante a pandemia, o atendimento ao público se tornou dificultoso, diminuindo a eficácia do setor de vendas.

  • Falta de preparo

A falta de preparo para a crise também contribuiu para que as consequências da mesma se intensificassem, portanto, rever o plano de negócios é primordial para manter os processos operacionais funcionando normalmente.

Como é possível perceber, crise do COVID-19 trouxe muitos malefícios para a saúde econômica. No próximo tópico será possível observar qual será o cenário após o COVID-19.

Qual será o cenário no setor de aço em 2020 após o COVID-19?

Embora o fim da crise seja algo que todos estejam esperando avidamente, é preciso estar preparado para os efeitos colaterais, uma vez que o país inteiro terá parado durante a crise.

Para entender melhor como funcionará, é preciso analisar a situação econômica geral do país da seguinte maneira:

Durante a crise

Durante a crise o Brasil irá gastar bilhões reais para manter a economia ativa, por exemplo:

  • Ajuda aos municípios e estados
    • Ajuda econômica para empresas
    • Auxilio emergencial para pessoas que estão com a renda prejudicada
    • Compra de equipamentos hospitalares

Todas essas ações, apesar de serem primordiais, geram gastos imensos.

  • Depois da crise

Após a crise será preciso repor o valor gasto, para isso será necessário tomar medidas como, por exemplo, aumento dos impostos, tanto para pessoa física como jurídica.

Todo esse cenário econômico atinge diretamente a indústria e comercialização de aço, fazendo com que os preços aumentem em todas as etapas, desde a fabricação até o cliente final.

Claro que tais consequências poderão ser amenizadas, como será explicado no tópico abaixo.

Medidas que podem amenizar os efeitos da crise no setor de aço em 2020

Para vencer a crise é preciso tomar algumas medidas importantes, de modo que o negócio continue em funcionamento. Para que o leitor possa entender melhor, separamos três dicas que podem servir de apoio nesse momento difícil.

  • Adaptação dos preços

Adaptar os preços é o primeiro passo para garantir o funcionamento do negócio. Mas, para fazer isso da maneira correta é preciso levar em consideração as seguintes variáveis:

  • Custos operacionais

Esse é o custo de mão de obra, gastos com energia elétrica, transporte. Aqui pode ser listado tudo o que faz o negócio funcionar.

  • Custo de material

O custo de material, como foi observado anteriormente, é o mais afetado, portanto, é preciso verificar quais são os valores atuais dos materiais.

  • Margem de lucro

Com os valores em mãos, é possível criar um preço acessível para o cliente final, que não está com poder aquisitivo alto e, ainda assim, ter uma margem de lucro.

Após adaptar os valores, também é preciso criar uma estratégia operacional, como será visto abaixo.

Estratégia operacional

Para criar uma nova estratégia operacional é preciso levar em consideração três itens, são eles:

  • Etapas de produção
    • Fluxo de trabalho
    • Entrega para o cliente

Otimizar os três itens citados acima irão diminuir o retrabalho e, também, agilizar a eficácia na hora de produzir o produto para o cliente.

  • Inovação e tecnologia

Inovação e tecnologia é algo que já é necessário para estar a frente do mercado e, durante a crise, pode ser fator determinante para manter o negócio funcionando.

Abaixo segue uma lista com dicas importantes:

  • Criação de novos produtos

Criar novos produtos que atendam ao público do momento é fundamental. Tais produtos podem ser: Bicicletas modificadas, acessórios decorativos, equipamentos para academias, etc.

Os exemplos utilizados servem para mostrar ao leitor que é possível continuar operando com a criação de diferentes produtos.

  • Utilização da tecnologia

Utilizar a tecnologia pode ser uma ótima maneira de alcançar um público alvo maior e automatizar alguns setores, como por exemplo, um site onde o cliente pode fazer o orçamento por um serviço.

Por exemplo: Se um cliente deseja um portão, ele pode entrar no site, inserir as medidas e a empresa retorna com o orçamento detalhado.

Essas são apenas algumas dicas que podem ajudar qualquer empreendedor que trabalha com aço, seja na prestação de serviços ou na comercialização dos mesmos.

Conclusão

O conteúdo acima foi criado com o intuito de informar o leitor que, mesmo durante a crise, é possível continuar trabalhando com aço em 2020. Para mais informações ou se desejar realizar um orçamento, basta acessar nosso site, clicando AQUI.